O INSTITUTO DA REELEIÇÃO JÁ PROVOU SER MALÉFICO

 

Percival Puggina

 

 

Esses dados mostram ser indizível e perigosamente silencioso o poder de corrupção do preceito constitucional que permite a reeleição dos mandatos executivos. A concentração de poder que nossas degeneradas instituições republicanas acumulam na caneta de quem governa favorece enormemente o mau governo e sua vitória eleitoral.

 

O instituto da reeleição conduz as ações de governo, o gasto público, a publicidade oficial, a cooptação de apoios, a distribuição de cargos, a ocupação dos espaços e as coligações partidárias para privilegiar um único objetivo: a perpetuação dos mandatos. É um fenômeno que não apenas produz maus governos, com maus critérios, más parcerias, maus negócios e má conduta, mas - o que é pior - os reelege por um processo de inércia.

 

Há exceções? Claro que há exceções! Conheço bons governos que se reelegem por serem bons. Mas conheço em maior número, bons governos que não se reelegem exatamente por isso, por terem feito a coisa certa em sacrifício da continuidade do próprio mandato.
 

  • 17 Favereiro 2015

JUSTIÇA HIPOTECA SEDE DA PETROBRAS PARA EVITAR CALOTE BILIONÁRIO DA ESTATAL
Filipe Coutinho, Revista ÉPOCA
 

Está na hora de convocar um padre para benzer – ou exorcizar – a Petrobras. É uma bruxaria atrás da outra. Não bastasse o impacto da operação Lava Jato nas finanças da empresa, entre outros tantos problemas que vêm a público dia sim, outro também, a Petrobras teve sua sede hipotecada pela Justiça do Rio de Janeiro, em decisão tomada nesta quinta-feira (12). A hipoteca serve como forma de garantir o pagamento de uma dívida de R$ 935 milhões, causada por “conduta predatória” da estatal. Os oito mil funcionários da empresa, que estão sem norte, podem ficar sem teto. A estatal, naturalmente, pode e ainda vai recorrer da decisão.

O edifício hipotecado é a tradicional sede da estatal, localizada na Avenida Chile, no centro do Rio. Chamado de Edise, uma abreviação de Edifício Sede, o prédio inaugurado em 1974 foi construído por uma antiga parceira da Petrobras, a Odebrecht – agora investigada na Lava Jato. A sede que conta com 26 andares e jardins suspensos.

A derrota judicial é mais um capítulo da disputa que a Petrobras trava com a Refinaria Manguinhos, localizada no Rio de Janeiro. A refinaria cobra da Petrobras danos materiais pela política de preços da estatal.

A crise enfrentada pela Petrobras foi um dos argumentos utilizados pela juíza Kátia Torres, da 25ª Vara Cível do Rio de Janeiro, para determinar a hipoteca da sede da estatal. Na prática, a hipoteca significa que, em caso de calote, a sede poderia ser usada para o pagamento. “Além do julgado envolver expressiva condenação de valor líquido, os problemas financeiros enfrentados pela ré são públicos e notórios, impondo-se a adoção da medida constritiva com vistas à efetividade do processo”, diz a decisão da juíza.
 

  • 15 Favereiro 2015

 

Texto original de "O antagonista". Transcrevo porque subscrevo.
E JOSÉ EDUARDO CARDOZO CONTINUARÁ NO CARGO?


É intolerável que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, tenha se reunido secretamente com o advogado da empreiteira UTC, para dizer que, depois do carnaval, a Operação Lava Jato mudaria de rumo, a barra dos acusados seria aliviada -- e, por isso, ele "desaconselhava" a delação premiada dos empreiteiros.


Trata-se de um escândalo maior até do que o próprio Petrolão. O ministro da Justiça do Brasil age em favor do crime e está obstruindo o trabalho da própria Justiça do Brasil. Isso não é interpretação, mas fato.
É imperioso que José Eduardo Cardozo seja demitido imediatamente. Conservá-lo no cargo é deixar as instituições do país à mercê de fanqueiros.

www.oantagonista.com/posts/exigimos-a-demissao-de-jose-eduardo-cardozo

  • Assim diz a matéria de O Globo

BRASÍLIA - O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, recebeu em uma audiência em seu gabinete, no dia 5 deste mês de fevereiro, três advogados representantes da empreiteira Odebrecht, envolvida na Operação Lava- Jato. O encontro consta da agenda oficial do ministro, divulgada no site da Pasta, mas sem informar que os advogados representam a construtora, nem detalhar o assunto. Outros encontros com defensores de empreiteiros teriam acontecido. Na sexta-feira, a revista “Veja” informou que o ministro se reuniu com Sérgio Renault, advogado da empreiteira UTC, e com o ex-deputado Sigmaringa Seixas. Na edição de ontem, a “Folha de S. Paulo” noticiou que ele teria tido ao menos três encontros neste mês com advogados da própria UTC e da Camargo Correa.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/ministro-da-justica-recebeu-advogados-da-odebrecht-em-seu-gabinete-15341511#ixzz3Rkq1f8SV
 

  • 14 Favereiro 2015

 

 

 

IGREJA E SOCIEDADE, SEGUNDO A CNBB
Percival Puggina

 


 A Campanha da Fraternidade de 2015 tem "Igreja e sociedade" como tema. Se considerarmos que a Conferência é a entidade que congrega os senhores bispos tendo como finalidade principal o favorecimento da ação pastoral comum, parece importante conhecer o que os senhores bispos pensam sobre a Igreja e suas relações com a sociedade.

 

 Observe, agora, as tirinhas da imagem acima, que ilustra o documento da campanha. A pergunta que me faço diante dela é a seguinte: Como entender que bispos da Igreja, ao expressarem o que pensam sobre a missão da Igreja, não percebam o quanto os conceitos ali postos se afastam da função real, transcendental e espiritual, que Cristo atribuiu à Igreja ao instituí-la? Veja que segundo o desenho, a função da Igreja na sociedade, é apenas assistencial e sociológica. Portanto, poderia ser substituída, com ganhos de custo, pela Cáritas. Quando o desenho conceitua a Igreja na perspectiva da sociedade, afirma-se que ela é inteiramente política e poderia ser substituída, com vantagens portanto, por um bom partido político.
 

  • 14 Favereiro 2015

VISITE O SITE DA OPERAÇÃO LAVA-JATO

Na operação Lava-Jato, o Ministério Público Federal lida com o maior caso de corrupção da história do país e, provavelmente, o maior da história universal. A repercussão do caso e a curiosidade da opinião pública levaram o MPF a criar um site contendo verdadeira torrente de informações e esclarecimentos sobre o assunto. É um exemplo da transparência que deve marcar as ações do Estado. No site, o visitante pode conhecer a origem do nome, em que consiste a operação, quem são os promotores que cuidam do caso, as providências já adotadas e as decisões judiciais já proferidas, e os resultados que vão sendo produzidos pelas ações da operação em benefício do patrimônio público.

 

É uma boa dica conhecer o site, que pode ser acessado no link abaixo:

 

  http://www.lavajato.mpf.mp.br/
 

  • 12 Favereiro 2015

 

Recebido do amigo jornalista Gilnei Lima

OS SEIS MILAGRES DO SOCIALISMO


1- Não há desemprego, mas ninguém trabalha;

2 - Ninguém trabalha, mas todo mundo recebe algum dinheiro do governo;

3- Todo mundo recebe algum dinheiro do governo, mas não há nada para comprar com o dinheiro;

4- Ninguém pode comprar qualquer coisa, mas todo mundo é dono de tudo;

5- Todo mundo é dono de tudo, mas ninguém está satisfeito;

6- Ninguém está satisfeito, mas 99% das pessoas continuam votando no sistema.

 

Six miracles of socialism
1- There is no unemployment, but no one works
2 - No one works, but everyone gets paid
3- Everyone gets paid, but there is nothing to buy with the money
4- No one can buy anything, but everyone owns everything
5- Everyone owns everything, but no one is satisfied
6- No one is satisfied, but 99% of the people vote for the system

  • 08 Favereiro 2015