• Jorge Abeid, PhD
  • 24/05/2024
  • Compartilhe:

Perplexidade de um amigo brasileiro que vive no Canadá

 

Jorge Abeid, PhD

Transcrevo abaixo a mensagem que recebi do engenheiro Jorge Abeid, que há décadas, com dupla cidadania, vive no Canadá.

Meu caro Puggina,

queria pedir ajuda ao amigo porque estou sem rumo em relação ao assunto jornalismo, veja só:

  1. Reinaldo Azevedo, eu era fã do Reinaldo, sensacional, grandes falas, alinhado com o pensamento conservador até que um dia, um belo dia: PIROU DE VEZ e assim ficou;
  2. Marco Antonio Villa, professor de história, sensacional, grandes falas, alinhado com o pensamento conservador até que um dia, um belo dia: PIROU DE VEZ e assim ficou;
  3. Joyce Hasselman, a musa do movimento conservador brasileiro, elegeu-se com milhões de votos até que um dia, um belo dia: PIROU DE VEZ e assim ficou;
  4. Vera Magalhaes, a gatinha do Pingos nos is, sensacional até que um dia, um belo dia: PIROU DE VEZ e assim ficou.

Ontem à noite foi a vez do Paulo Figueiredo, de quem sou contribuidor por apreciar seu trabalho há anos e além de subscrever seu canal atendendo seu apelo porque está com suas contas bloqueadas pelo Xandão, passei a pagar US$6.00/mês desde abril, e ontem o cara num programa que ele tem com Marco Antônio Costa e outros dois passou cerca de 15 minutos descendo a lenha na operação Lava Jato!

O que acontece com esse povo? Será que esse curso de Jornalismo implanta um detonador na mente e um dia, out of the blue ou, como se diz ai, sem mais aquela, é acionado?

Grande abraço

Jorge